Lógico que no felino tinha que ser diferente

Rim felino. Macho castrado, 7 anos e sem raça definida (SRD) com ecogenicidade aumentada, porém não apresentava disfunção renal.

Assim que iniciamos na ultrassonografia, logo aprendemos que a ecogenicidade deve ser utilizada como um dos importantes parâmetros para a determinação de normalidade ou alteração patológica de um órgão.Por ser uma avaliação qualitativa, subjetiva, utilizamos métodos de comparação entre os órgãos abdominais para determinar alterações na ecogenicidade, sendo a ordem de escala do menos para […]

Como definir se é ducto ou vaso em uma avaliação ultrassonográfica?

Quadro resumo destacando as diferenças entre vasos sanguíneos e ductos (dutos) na avaliação ultrassonográfica

Não é raro encontrarmos dilatação no calibre dos vasos intra-hepáticos devido à congestão passiva, não é verdade? A dilatação do calibre dos vasos intra-hepáticos quanto das vias biliares intra-hepáticas podem ocorrer com certa frequência em felinos. Você já se viu na situação de não conseguir definir se a alteração se tratava de uma ou de […]

Como medir alças intestinais em cães e gatos?

Figura esquemática com imagem ultrassonográfica (ecografia) mostrando de como as alças intestinais devem ser medidas na veterinária. As camadas: serosa, muscular, submucosa, mucosa, além do lúmen. Na imagem é mostrado o lúmen hiperecogênico, com as camadas mucosa e muscular como hipoecogênicas. A medida deve ser feita considerando a serosa até o final da camada mucosa.

Figura esquemática com imagem ultrassonográfica (ecografia) mostrando de como as alças intestinais devem ser medidas na veterinária. As camadas: serosa, muscular, submucosa, mucosa, além do lúmen. Na imagem é mostrado o lúmen hiperecogênico, com as camadas mucosa e muscular como hipoecogênicas. A medida deve ser feita considerando a serosa até o final da camada mucosa.

Você já reparou isso no baço de filhote?

Padrões de ecotextura de baço de filhotes de cães, Alterações no padrão em cães de 4 a 60 semanas de idade.

Você já pode ter notado que a textura do baço em filhotes de cães ao ultrassom pode parecer diferente do padrão que estamos acostumados. Você sabe o motivo? O padrão de normalidade do baço em cães é descrito como homogêneo, hiperecogênico e de ecotextura fina. O padrão rendilhado ou a distribuição difusa de nódulos hipoecogênicos […]

Se fosse seu caso, saberia direcionar?

Ilustração de como se dá o processo de anafilaxia

Eu sempre falo em ter assertividade, ou seja, isso significa que eu procuro não só encontrar as alterações nos exames, porém, saber também afunilar os diagnósticos diferenciais e tentar ao máximo ser mais certeira e não ficar colocando 4 ou mais diferenciais.Isso é um processo, é uma construção. Não conseguimos ter assertividade da noite pro […]

Saber anatomia vascular ajuda em casos de shunt

Esquema ilustrativo mostrando a veia lienal (esplênica) e três vasos tributários: veia gastroepiploica esquerda, veia gástrica esquerda e veia gonadal esquerda (normalmente não observada por ser um vaso embrionário rudimentar).

Vou compartilhar hoje um caso de uma cadela de 10 anos com hiperadrenocortisismo. Durante a avaliação, vi que saindo da veia lienal (esplênica) havia um vaso anômalo passando lateral ao rim esquerdo e se comunicando com a veia renal esquerda. Aí eu pensei: “será que é um shunt?” Para ter mais assertividade, o ultrassonografista veterinário […]

Efusão pleural x Edema pulmonar na avaliação torácica

Diferenças ultrassonográficas de efusão pleural e edema pulmonar

Efusão pleural é caracterizada pelo acúmulo de líquido no espaço pleural. Aparece como líquido na cavidade pleural pelo exame ultrassonográfico.
Edema pulmonar é o acúmulo de fluido nos espaços alveolares e intersticiais dos pulmões, podendo ser decorrente de causas diversas. Na avaliação ultrassonográfica observa-se a presença de linhas B.